Cuta a nossa FANPAGE

terça-feira, 12 de abril de 2011

Conceito Básico da Colorimetria!

1ª Regra - TINTA NÃO CLAREIA TINTA...(NUNCA!)


Uma das coisas mais absurdas que ouço de minhas clientes é ter ouvido de um "Cabeleireiro" que basta ela usar uma tinta com altura de tom mais claro que naturalmente seu cabelo vai clarear... MENTIRA!

O que geralmente ocorre é o fato de o cabelo ir desbotando perdendo a cor, e com isso, dando a IMPRESSÃO de cabelo mais claro. Porém, com o desbotamento, vai também a saúde dos cabelos, deixando os fios ressecados, sem brilho e quebradiços, deixando-os ainda mais susceptíveis á agressão externa como sol, poeira, cloro entre outros.
Daí então você me pergunta: " Mas Fabrício, se minha cliente quer clarear apenas 1 tom de seu cabelo, ela vai ter que descolorir? ". A resposta é: SIM! A única maneira de se abrir tom do cabelo é descolorindo. Mas este é um tema que vamos abordar mais tarde.

Acima de tudo, temo que entender toda a teoria da colorimetria, para que ao nos depararmos com situações como esta, estejamos aptos a solucioná-los, e não piorar ainda mais por despreparo!

Vamos ás bases:

Mundialmente ao se falar em cores de tinturas, sempre observamos uns número que representam esta cor. Estes números são universais, ou seja, seja aqui no Brasil, ou lá no Japão, independente do nome, através desse número, saberemos de qual cor a tinta se refere.

1ª ALTURA DE TOM:

O número antes do ponto (.) representa a altura de tom que o cabelo irá atingir, esses números são o seguinte:

1- Preto
2- Preto (algumas marcas utilizam este para representar o preto natural, e o 1 para um preto azulado)
3- Castanho Escuro
4- Castanho médio ou Castanho Natural
5- Castanho Claro
6- Loiro Escuro
7- Loiro Médio ou Loiro Natural
8- Loiro Claro
9- Loiro Claríssimo
10- Platinum

Altura de tom representa as cores naturais do cabelo, sem nuances. O conhecimento e reconhecimento de cada altura de tom, é fundamental para decidirmos qual será a "base" utilizada para colorir ou matizar um cabelo natural ou tingido. Mas sempre lembrando que a tinta não terá a capacidade de "clarear" uma altura de tom de um cabelo tingido, apenas de um cabelo "virgem".

Agora que aprendemos o que é altura de tom, vamos enter os número que vêm escritos depois do ponto(.)!
Esses número nos indicam as "NUANCES", ou seja, as cores artificiais que podemos inserir no s cabelos, eles são:

TABELA DE NUANCES

1- Cinza (azul)
2- Irizado (violeta= 2 partes de azul+1 de vermelho)
3- Dourado (amarelo)
4- Cobre (amarelo + vermelho)
5- Acajú (vinho= 2 partes de vermelho + 1 de azul)
6- Vermelho

Algumas marcas utilizam o 7(marrom), que é a mistura das 3 cores primárias, o que veremos agora:

CORES:


Uma das obrigações do profissional colorista, é dominar o conhecimento das cores, isso de maneira padrão, seja de tinta de cabelo, tinta de parede ou qualquer outra coisa relativo á cor. Vamos entender:

As cores são formadas por combinação de mistura de 3 cores, que são as cores primárias.
Quais são elas:

VERMELHO - AMARELO - AZUL






Essas cores quando são misturadas geram outras cores: Conhecidas como Cores Secundárias que são elas:

VERDE - LARANJA - VIOLETA





Quando misturamos duas cores, obtemos novas cores, observem na tabela de nuances quais são as cores nas tintas, e seus respectivos números.

CORREÇÃO DE CORES!



Um dos maiores problemas da grande maioria dos cabeleireiros, é o fato de não saberem como corrigir uma cor. Quando aplicamos uma tinta num cabelo virgem, ele tende a amarelar, aí você se pergunta: E AGORA, COMO CORRIGIR ISSO?
E quando se tenta escurecer e o cabelo fica verde,, novamente a dúvida vem á cabeça... Acreditem amigos, mas isso são problemas muito fáceis de solucionar, basta CONHECIMENTO.

Uma forma de dominar a manipulação de cores é saber como elas se misturam e como elas se APAGAM, e pra isso, temos o Disco de Newton, ou, Dico de Cores, ou Estrela de Oswald..
Chamem como quizer, pois trata-se da MESMA coisa.



Observem nesta imagem, que temos as cores primárias e as cores secundárias, ao lado de suas misturas.

Isso pode parecer assustador, mas é muito mais fácil que possa parecer... Observem:

Para se NEUTRALIZAR uma cor, basta utiizarmos a cor que está do seu lado oposto, ou a cor que está bem á sua frente. Exemplo:

A principal dúvida é em relação ao amarelo nos cabelo, observem que bem á sua frente, está a cor VIOLETA, isso significa que, sempre que um cabelo ficar amarelado, para apagar basta utilizar o violeta. O grande segredo está na mistura das cores, pois ao se juntar as 3 cores primárias, simplesmente "APAGAMOS" a "cor" deixando um efeito nêutro.

Mas para que isso dê certo, é preciso prática, pois para se neutralizar uma cor, se utiliza uma pequena quantidade de sua cor oposta para minimizar seu efeito, sendo assim, se o cabelo tiver com efeito amarelado, então vamos misturar um pouco de tinta na mesma altura de tom do cabelo + o equivalente a 1 centímetro de corretor violeta. A aplicação de uma mistura matizante exige muita atenção, pois não se pode descuidar por se tratar de uma pausa de tempo determinado por vizualização, 1 minuto a mais, já irá causar alteração de cor, deixando um efeito violeta no cabelo. Então tomem muito cuidado com isso ok.

Aí você me pergunta: "Mas Fabrício, e se eu não tiver em mãos uma estrela de Oswald para saber qual cor devo utilizar, o que eu faço?"

Seguinte: Para se neutralizar uma cor, temos que juntar as outras cores restantes das cores primárias, ou seja:

Digamos que temos um cabelo VERMELHO, sabemos que as cores primárias são vermelho, azul e amarelo; então, basta ver quais cores faltam pra completar, neste caso, o amarelo e o azul = verde observem a estrela

se for laranja (vermelho+amarelo), qual cor falta para completar as cores primárias? AZUL.

Viu como é fácil entender as cores? Pois bem, pratiquem em casa as misturas usando tinta guache, e acompanhem na tabela de nuances quais serão os resultados, isso irá ajudar a entender como isso funciona na prática.

No próximo POST, irei abordar um dos grandes segredo dos melhores técnicos coloristas, que é a mistura de tintas e seus resultados.
Toda a forma matemática para que possa entender como funciona o planejamento e o resultado de uma mistura de várias nuances para se conseguir um resultado de cor exclusiva.

Espero estar sendo útil trazendo esta informação de maneira mais clara o possível, para que todos possam oferecer ás suas clientes um trabalho muito mais elaborado e profissional.. ATÉ A PRÓXIMA!!!

FABRÍCIO PEREIRA!

36 comentários:

  1. Parabéns Fabrício, por se fazer entender com facilidade, estou fazendo o curso Técnico de Cabeleireiro, e vou estudar colorimetria. Já estou me antencipando para entender melhor a trécnica, e maneira como vc explica parece ser muito fácil. Um abraço.

    ResponderExcluir
  2. Amei Fabrício, eu ví tudo isso no meu curso, mas, vc fala de uma forma que fica mais claro e com certeza tirei bastante dúvidas, obrigada.

    ResponderExcluir
  3. obg.fabrício pude entender bem melhor essa estrela de oswaldo.valeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, a ideia é justamente ajudar a entender de maneira mais simples o conceito.

      Excluir
  4. valeu fabricio, obrigada por tirar algumas duvidas... abracosss

    ResponderExcluir
  5. gostei,mais eu gostaria de aprender fazer a soma das cores ex:uma cliente c a cor de 8.3,nao tenho a cor como fazer esta cor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Consulte: Matemática da Colorimetria, lá vai ter a forma de se fazer misturas, obrigado.

      Excluir
  6. esse site é o melhor de todos que ja vi. pois os outros nunca revelam segredos 100%, ja esse é bem exolicado passo a passo parabens por existir ...... merece milhoes de curtidassss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitíssimo obrigado, a ideia e compartilhar o pouco que conheço na área.

      Excluir
  7. Perfeita explicação simples e muito objetiva gostei muito.

    ResponderExcluir
  8. Amei essa explicação é super clara fácil de entender. Obrigada!

    ResponderExcluir
  9. Marilda sampaio, vou treinar bastante e terei bons resultados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Torço pelo seu sucesso amiga, espero ter ajudado a entender melhor essa magia das cores. Muito obrigado.

      Excluir
  10. Adorei sua explicacao
    marilda sampaio

    ResponderExcluir
  11. É isso ai Fabrício, Deus nos dá dons para serem repassados e não retidos. Você está no caminho certo e com certeza já é muito abençoado por Deus. Não sou profissional no assunto, apenas uma pessoa curiosa com coisas que a interessam, como esta que vc explicou. Valeu. Vou seguir vc para aprender mais e mais. Obrigada.

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pela forma clara de explicar, consegui compreender o que não entendi em meu curso, obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que pude ajudar, muito obrigado por acompanhar nosso trabalho.

      Excluir
  13. tenho uma dúvida, espero que vc possa me ajudar! a nuance mate(verde) é finalizado com .2 tambem, correto? se eu quiser neutralizar um vermelho, eu preciso dessa nuance, porém o irizado não tem pigmentação verde, como eu faço pra conseguir essa pigmentação?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso é fácil, primeiro identifique a altura de tom, ou base (5.0, 6.0, etc...) depois pegue 1/4 de X.3 com 1/4 de X.1, sendo o X a base presente no cabelo. Espero ter ajudado.

      Excluir
    2. nossa, me ajudou muito, obrigado!!!

      Excluir
  14. como passar um cabelo vermelho para o loiro claríssimo?

    ResponderExcluir
  15. Oi :)) Sou super curiosa com esse assunto dos números porque sempre me confundiu. Sempre tive esta dúvida: Qual seria o reflexo de uma coloração como a da Wella Color Perfect Rich Naturals, por exemplo, que é 9/16 que deve ter alguma coisa diferente do 9/1 loiro ultra claro acinzentado. O .1 é cinza, mas o que esse 6 seria ? Acho tão complicado :( Esta é a cor que eu uso: 9/38 Então o .3 significa dourado mas o que seria .8 ? Queria descobrir como esse 6 e esse 8 interferem no número que vem antes. Agradeço desde já ! Obrigada

    ResponderExcluir