quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Matemática da Colorimetria Parte 3 - Resultados

Olá caros amigos e amigas! Antes de mais nada, desculpem a ausência, mas as contas não param né...rsrs!

Os tópicos: Matemática da Colorimetria, partes 1,2 e 3, foram publicado visando enzinar e esclarecer aos amigos leitores sobre como se misturar várias cores de tinta, e, com isso, saber qual será o resultado, aproximado, da coloração que será atingida.

Vou confessar à vocês que sempre tive muita facilidade quando o assunto se refere à matemática, mas, ainda assim, demorei um pouco à entender a forma de cálculo da colorimetria, já que a mesma pode ter um resultado diferente pois existem muitas variáveis que interferem no valor final. Isso não quer dizer que a coloração final, ficará muito diferente do valor encontrado na fórmula.

Recebo constantemente, e-mails, mensagens e até perguntas nos comentários, de pessoas que querem saber algum resultado específico, mesmo eu ensinando como se faz os cálculos, muitas pessoas, definitivamente, não entendem com a matemática, e por conta disso, não há reza que façam que lhes coloque isso na mente...

Existem milhares de combinações possíveis quando o assunto é matemática de cores, no entanto, existe uma pequena lista padrão ao qual, de acordo com as perguntas já recebidas aqui e outras ao qual eu acredito ser útil, que estarei publicando aqui. Com um cálculo básico apenas para que possam se acostumar e com o resultado (aproximado).

Então vamos lá. Mandem aqui nos comentários as misturas que desejam saber o resultado. Um detalhe, apenas misturas de duas tintas ok, e de até duas nuances. Futuramente vamos fazendo com 3 e até mais tubos, mas pra começar vamos um pouco devagar.

Não sou o maior Expert do mundo, apenas passo o pouco que conheço, sugestões e até correções são bem vindas, mas quero deixar bem claro que não estou aqui para ser avaliado ok. Compartilho apenas o conhecimento que obtive nesses 15 anos de profissão e que vem dando certo pra mim.

Bom, vou começar apenas com um breve resultado da pergunta de hoje, e, nas próximas postagens vou adicionando os pedidos feitos nos comentários ok. Limitados à 10 por postagem par não sobrecarregar o tópico.


Mistura de 6.43 + 6.66; a pessoa deseja um tom vermelho bem presente mas com um brilho acobreado, nesse caso ela escolheu bem, então vamos lá:

Os números antes do ponto, que são as bases são somadas entre si e depois divididos pelo numero de tubos, ou seja, nesse caso, são 2 tubos, um de cada. ficando assim

6+6=12
12/2=6

Enfim, quando se usa duas tintas com a mesma base, nem precisa calcular pois o valor será sempre o mesmo.

As nuances são calculadas por mistura das cores, ou seja, baseado na mistura das cores primárias e secundárias, assim:

.43
.66

separando as partes:

.4 aqui temos 4(vermelho+amarelo) e 6 (vermelho) então temos duas partes de
.6 vermelho e uma amarelo que pode se resumir em 6

.x3 aqui temos 3 (amarelo) e 6 (vermelho) vermelho + amarelo é laranja, ou seja 4
.x6


simplificando:


6.43
6.66


______
6.64


Fiquem atentos no formato, pois, para não ocupar demais as próximas publicações, irei postar os cálculos de maneira mais objetiva.

15 comentários :

  1. Me diga se estou no caminho certo, 9.31 + 7.35 seria o resultado 8.31 ?
    Acertei?
    Quase acertei?
    Ou passei totalmente longe?
    Aguardo ansiosamente a resposta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Belinha, chegou bem perto, mas errou apenas porque esqueceu de observar o 5 com mais atenção.
      Veja bem: 7+9/2=8 CERTO!
      Agora as nuances: 3,3,1,5. Juntamos 3 e 3 e ficamos assim: 3,1 e 5.
      Dessa maneira temos: 3(amarelo), 1(cinza=azul) e 5(Acaju=vermelho+azul).
      Se observar com atenção, verá que juntamos as três cores primárias na mistura, e quando misturamos as três cores primária o que temos? Temos o marrom (7) ou a neutralização das cores.
      Devemos observar então que, temos duas vezes a quantidade do amarelo certo? Sendo assim, teríamos um tom marrom mais puxado pro dourado. Isso deixaria nosso resultado final num 8.73!
      DICA: Sempre "separe" as cores presentes na nuance, junte as cores iguais para calcular, assim chegará no resultado com a cor predominante. Evite misturar tintas que se neutralizem, ou seja, que contenha na mistura mistura final as três cores primárias. Busque tons que se reforcem, vermelho para cobre, cobre para vermelho, verde para cinza ou vice e versa (verde é usado nos tons perolizados).
      Juntar as três cores primárias é recomendável apenas para correções ok.

      Excluir
    2. Muito obrigada, vou estudar mais. Pois pretendo desvendar esse mistério dá colorimetria.
      Pretendo Não né, preciso rsrs

      Excluir
  2. Bom dia me tire uma dúvida se eu usar a 8.43 com a 7.41 somando e dividindo o resultado daria 7.4

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, essa não é uma mistura muito recomendada, já que o 3 e o 1 vai eliminar parte do vermelho, deixando um resultado final 7.47, ou seja, um laranja marrom, que perderá seu efeito cobre. Uma mistura de usando x.43 e x.46 seria melhor aproveitada.

      Excluir
  3. Olá Me chamo Ana Paula.. buscando por mais informação sobre a matemática da colorimetria encontrei suas postagens E gostei muito apesar que ainda não consegui fazer o cálculo das nuances achei muito interessante suas explicações..

    ResponderExcluir
  4. Olá Me chamo Ana Paula.. buscando por mais informação sobre a matemática da colorimetria encontrei suas postagens E gostei muito apesar que ainda não consegui fazer o cálculo das nuances achei muito interessante suas explicações..

    ResponderExcluir
  5. Tenho 2 cores 4.88 5.20
    Quero um vermelho escuro violeta. Essas cores chegam perto? O q fazer qd a cor termina em 0 (.20)?

    ResponderExcluir
  6. Tenho 2 cores 4.88 5.20
    Quero um vermelho escuro violeta. Essas cores chegam perto? O q fazer qd a cor termina em 0 (.20)?

    ResponderExcluir
  7. Quero uma cor vermelho escuro violeta e tenho o 4.88 e 5.20. Como somar qd o numero termina em (.20)??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, desculpe em demorar tanto em responder, o estudo me consumiu de uns tempos pra cá. Mas, se ainda ajudar, o 0 é sinal de intensificador, ou seja, o 2 está em maior quantidade, na soma você ignora o 0, no entanto, deve levar em consideração a maior intensidade do 2 no resultado final ok...muito obrigado e sucesso!!!

      Excluir
  8. Respostas
    1. Bom dia Kellen, fico feliz pelo seu interesse...continuo bem aqui, só que infelizmente não estou mais atuando na área da beleza como antes.
      Atualmente estou estudando e o salão foi transformado em barbearia..rsrs, e estou mais focado na publicação de minhas pesquisas e artigos, o que me toma muito tempo.
      Peço desculpas por abandonar o barco, mas, tentarei, assim que possível, trazer novos conteúdos para a página ok...muito obrigado mais uma vez e sucesso!!!

      Excluir

Cuta a nossa FANPAGE